Lituânia monta pirâmide de moedas antes da chegada do euro

A litas desaparecerá com a chegada do euro no dia 1º de janeiro

Vilnius – Os lituanos se despedem de sua moeda nacional, a litas, que desaparecerá com a chegada do euro no dia 1º de janeiro, com uma pirâmide construída com um milhão de moedas.

Seus construtores levaram cerca de três semanas para erguer esta pirâmide de 1,13 metro, composta por um milhão de moedas prateadas de centavos (1/100 de litas) de 19 milímetros de diâmetro cada uma e de um valor total de 10.000 litas, 2.900 euros 3.611 dólares).

“Seguirá de pé ao menos enquanto tivermos a litas, isso é, até janeiro”, declarou à AFP um cientista de 28 anos, Vytautas Jakstas, um dos que iniciaram o projeto.

“Talvez tenhamos superado o recorde mundial. A anterior maior pirâmide deste tipo foi erguida com 600.000 moedas”, disse Domas Jokubauskis, de 26 anos, que participou de sua elaboração.

Após o dia 1º de janeiro, todas as moedas serão entregues a uma associação beneficente para crianças.

O país báltico de três milhões de habitantes, que ingressou na União Europeia em 2004, se converterá no 19º membro da Eurozona em janeiro de 2015. Seus vizinhos Estônia e Letônia adotaram, por sua vez, o euro em 2011 e 2014, respectivamente.