Levy diz que meta fiscal deve ser próxima a -1% do PIB

Durante sua palestra, ele destacou que o governo enviou para o relator da LDO os dados relativos a este indicador das contas públicas

São Paulo – O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, afirmou que o resultado primário negativo em 2015 ficará perto de 1% do Produto Interno Bruto (PIB).

“Eu acho que neste ano a gente não vai ter superávit. É provável que deve ser na faixa de um déficit próximo a 1% (do PIB)”, afirmou.

Levy participou de evento em São Paulo. Durante sua palestra, ele destacou que o governo enviou para o relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) os dados relativos a este indicador das contas públicas.