Jurandir Santiago renuncia à presidência do Banco do Nordeste

Santiago afirmou ter como objetivo preservar sua família e a imagem do banco

São Paulo – O presidente do Banco do Nordeste, Jurandir Vieira Santiago, renunciou ao cargo nessa semana, após o Ministério Público do Ceará acusá-lo de possível envolvimento em desvio de verbas públicas quando ocupava o cargo de Secretário de Estado do Ceará.

Jurandir afirmou, em comunicado, que as razões que o levaram à renúncia são de cunho pessoal. Santiago afirmou ter como objetivo preservar sua família e a imagem do banco. “Tão logo tome conhecimento oficial das acusações que me são imputadas, exercerei minha defesa no âmbito do devido processo legal eventualmente instaurado”, afirmou em comunicado. 

O Conselho de Administração do banco decidiu nomear o diretor de negócios, Paulo Sérgio Rebouças Ferraro, para ocupar interinamente a presidência do banco, acumulando os dois cargos.

O Conselho também decidiu substituir os diretores Isidro Moraes de Siqueira e José Sydrião de Alencar Júnior e transferir o diretor Stélio Gama Lyra Júnior da diretoria administrativa e de tecnologia da Informação para a diretoria de gestão do desenvolvimento. Nelson Antonio de Souza foi nomeado diretoria administrativo e de tecnologia da informação e Manoel Lucena dos Santos vai ocupar a diretoria de controle e risco.