Japão aprova plano de US$ 10,7 bilhões para criar empregos

O dinheiro se destinará, sobretudo, aos setores em dificuldades, como agricultura e pesca

Tóquio – O governo japonês aprovou nesta sexta-feira um plano de apoio econômico de 880 bilhões de ienes (quase 8,5 bilhões de euros, 10,7 bilhões de dólares) para incentivar a atividade e a criação de postos de trabalho.

Este novo pacote de medidas especiais chega num momento em que o primeiro-ministro, Yoshihiko Noda, dissolveu a assembleia e pode transferir o poder após as eleições legislativas previstas para o dia 16 de dezembro.

O dinheiro se destinará, sobretudo, aos setores em dificuldades(agricultura, pesca, etc) e a obras públicas para a reconstrução da região arrasada pelo terremoto e tsunami de março de 2011.