Itália reduz gasto público em € 26 bilhões em três anos

Grande parte da redução dos gastos diz respeito aos setores de saúde e administração pública

Roma – O governo de Mario Monti adotou na quinta-feira várias medidas que permitirão reduzir o gasto público da Itália em 4,5 bilhões de euros a partir de 2012 e em mais de 10 bilhões de euros tanto em 2013 como em 2014.

“As economias permitidas pelo decreto serão de 4,5 bilhões em 2012, 10,5 bilhões em 2013 e 11 bilhões em 2014”, declarou Monti à imprensa.

No fim de abril, o governo italiano já havia adotado um decreto-lei que destacava o princípio de uma redução dos gastos de 4,2 bilhões de euros em 2012. O documento aprovado na noite de quinta-feira completa com medidas concretas o texto, ampliando as medidas para os dois anos seguintes.

Grande parte da redução dos gastos diz respeito aos setores de saúde e administração pública.