IPCA para 2015 sobe a 8,39%, prevê Focus

Brasília – Pela sétima semana consecutiva, os analistas ouvidos pelo Banco Central para o Relatório de Mercado Focus elevaram a previsão para o IPCA deste ano. A expectativa é que o índice oficial de inflação encerre 2015 em 8,39%, contra 8,37% da semana anterior.

Há um mês, essa projeção estava em 8,26%.

As expectativas para a inflação suavizada 12 meses à frente, porém, foram reduzidas e passaram de 6,02% para 5,99%. Há quatro semanas estava em 5,96%.

Para maio, a mediana das previsões subiu para 0,55% e, para junho, para 0,40%, segundo o mercado – na semana passada, essas projeções eram de, respectivamente, 0,54% e 0,38% e um mês antes estavam em 0,50% e 0,30%.

Já para o fim de 2016, a mediana das projeções para o IPCA ficou inalterada em 5,50% – quatro edições atrás estava em 5,60%.

Estabilidade também foi a marca do Top 5 de médio prazo, grupo dos economistas que mais acertam as estimativas, para o mesmo índice no ano que vem.

A mediana das previsões ficou paralisada em 6,00%. Um mês antes estava em 6,40%.

No caso das previsões para o IPCA deste ano, a mediana ainda segue bem acima da banda superior de 6,5% da meta e, depois de ter recuado para 8,75% na semana passada, voltou a subir, agora para 8,79%. Há um mês estava em 8,73%.