IPC-S sobe em 5 capitais na 2ª quadrissemana de julho, diz FGV

Quatro das cinco cidades que registraram aceleração dos preços no período ainda continuaram em deflação

São Paulo – O Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S), calculado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), registrou aceleração em cinco das sete capitais analisadas na segunda quadrissemana de julho na comparação com a primeira leitura do mês. O índice teve queda de 0,05%, menos intensa que a deflação de 0,18% obtida na medição anterior, informou a instituição na manhã desta terça-feira, dia 18.

Quatro das cinco cidades que registraram aceleração dos preços no período ainda continuaram em deflação: Brasília (-0,41% para -0,17%), Belo Horizonte (-0,64% para -0,37%), Rio de Janeiro (-0,21% para -0,10%) e Porto Alegre (-0,09% para -0,01%). São Paulo registrou alta, de 0,07%, contra queda de 0,10% na primeira quadrissemana de julho.

Salvador manteve a mesma taxa da leitura anterior, de recuo de 0,08%, enquanto Recife mostrou desaceleração, de expansão de 0,05% para elevação de 0,03%.