Investimento do governo pode não chegar a 0,3% do PIB, diz BNDES

O presidente da instituição destacou que, pela crise, o governo desceu ao nível mais baixo de seus próprios investimentos no total do PIB

São Paulo – O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) Paulo Rabello de Castro, disse nesta quarta-feira, 4, que, em meio à crise, o governo desceu ao nível mais baixo de seus próprios investimentos no total do Produto Interno Bruto (PIB), a menos de 0,5%, “se bobear, não chega a 0,3% do PIB”, disse, durante apresentação na Câmara de Comércio Árabe Brasileira.”Pode não atingir R$ 20 bilhões (…) num número que chegou a R$ 100 bilhões”, disse.

Ele lembrou que no período do milagre econômico, nos anos de 1960, o investimento governamental chegou a 4% do PIB, mas ponderou que a economia da época era menor e apresentava grandes necessidades.

Rabello destacou que o Brasil está “no fundo do poço” no que diz respeito ao ritmo de investimento e Formação Bruta de Capital próprio, estando aquém do nível de 25% do PIB que deveria realizar, tendo como base a média observada em outros países.