Inflação medida pelo IPC-S acelera em 4 de 7 capitais

Tiveram aumentos de preços, na passagem da terceira para a quarta quadrissemana do mês passado, as cidades de Brasília, Belo Horizonte, Recife e Porto Alegre

Rio de Janeiro – A inflação do varejo acelerou em quatro das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) para cálculo do Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S) de até 31 de outubro. Tiveram aumentos de preços, na passagem da terceira para a quarta quadrissemana do mês passado, as cidades de Brasília (passou de 0,52% para 0,61% no período); Belo Horizonte (de 0,39% para 0,44%); Recife (de 0,07% para 0,08%) e Porto Alegre (de 0,27% para 0,20%).

Já a inflação na cidade de São Paulo, que representa quase 50% do total do indicador, desacelerou a alta, passando de 0,32% para 0,28%, no mesmo período. Também registraram taxas menores de preços Salvador (de 0,41% para 0,06%) e Rio de Janeiro (de 0,27% para 0,20%).

A taxa global do IPC-S, por sua vez, ficou em 0,26% na quarta quadrissemana de outubro, 0,05 ponto porcentual abaixo da divulgada na apuração anterior.