Inflação ao produtor dos EUA sobe 0,4% em novembro

Números divulgados hoje apontam para uma pressão inflacionária um pouco maior na economia americana

Washington – O índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) dos Estados Unidos avançou 0,4% em novembro ante outubro, em linha com a expectativa dos analistas ouvidos pelo Wall Street Journal.

O núcleo do PPI teve alta de 0,3%, acima da previsão de avanço de 0,2% dos economistas.

Os números apontam para uma pressão inflacionária um pouco maior na economia americana. O avanço dos preços da gasolina colaborou para a alta nos preços. Além disso, a demanda global mais forte influiu.

Os preços ao produtor nem sempre se traduzem diretamente no índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês), mas muitas vezes a leitura do PPI se segue a tendências similares em outras medidas da inflação, que tem se mantido contida neste ano.

O Departamento do Trabalho divulga o CPI nesta quarta-feira. O índice de preços de gastos com consumo (PCE, na sigla em inglês), medida preferida de inflação do Fed, avançou 1,6% em outubro na comparação anual, ainda abaixo da meta do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), de 2%.