Inflação anualizada sul-coreana sobe 1,2% em agosto

Dado é o menor em 12 anos. Governo local se esforça para conter a inflação no país

Seul – Os preços na Coreia do Sul cresceram em agosto 1,2% anualizado, a menor alta em cerca de 12 anos, pelos esforços do governo para conter a inflação, informou nesta segunda-feira (data local) o Escritório de Estatística sul-coreano.

Trata-se, além disso, do sexto mês consecutivo em que o índice de preços ao consumidor (IPC) sobe menos de 3%, depois que em julho os preços cresceram 1,5% anualizado.

A política de subvenções e redução de custos em serviços educativos impulsionada pelo Governo desde março e a queda generalizada dos preços do petróleo foram os principais fatores da baixa e fora do comum inflação registrada em agosto, segundo analistas locais.

Tanto os preços dos bens industriais como os de produtos do setor primário subiram 1,7% em relação ao ano anterior.

O Ministério das Finanças, que rebaixou há dois meses suas previsões de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e de inflação para este ano, por causa do impacto da situação na zona do euro, calcula que em 2012 o índice de preços ao consumidor aumentará 2,8%, contra 3,2% de 2011.