Índice Nacional de Confiança recua 5 pontos no mês, diz ACSP

O resultado, segundo a entidade, é reflexo das quedas acentuadas da confiança dos consumidores das regiões Norte, Centro-Oeste e Sul

São Paulo – O Índice Nacional de Confiança registrou queda de 5 pontos em dezembro ante novembro, ao recuar para 148 pontos, de acordo com dados da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) divulgados nesta segunda-feira, 22.

O índice varia entre 0 e 200 pontos. Em dezembro do ano passado, a confiança dos consumidores brasileiros chegava a 143 pontos.

O resultado, segundo a entidade, é reflexo das quedas acentuadas da confiança dos consumidores das regiões Norte, Centro-Oeste e Sul, por conta, principalmente, da redução nos preços das commodities agrícolas e pecuárias.

De acordo com o presidente da ACSP, Rogério Amato, as quedas nos preços das commodities se devem à desaceleração do crescimento industrial e do PIB da China.

“Outro fator é a desestabilização econômica da Rússia, que era grande compradora de carnes brasileiras”, explica.

Nas regiões Norte e Centro-Oeste, o Índice Nacional de Confiança ficou em 131 pontos em dezembro ante 151 pontos em novembro.

Na região Sul, o INC foi de 146 pontos ante 158 na mesma base de comparação. Já no Sudeste a confiança foi de 148 pontos contra 152 pontos e, no Nordeste, de 154 pontos contra 152.

Avaliando a confiança dos consumidores por classificação de renda, a classe C continuou a ser a mais otimista (158 pontos) apesar de ter apresentado uma queda em dezembro ante novembro, quando índice foi de 164 pontos.

De acordo com a ACSP, a redução na confiança dos consumidores da classe C neste mês é resultado da piora nas condições de concessão de crédito.

Nas classes D e E, o indicador foi de 154 pontos ante 146 no mês anterior. Já nas classes A e B, o índice marcou 119 pontos ante 127 em novembro.