Índice de Preços ao Produtor registra alta de 0,54% em julho

De acordo com o IBGE, 16 das 23 atividades industriais pesquisadas para o cálculo do IPP apresentaram alta de preços em julho

Rio de Janeiro – O Índice de Preços ao Produtor (IPP) registrou em julho variação de 0,54%, na comparação com junho, de acordo com os números divulgados hoje (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com relação ao mesmo mês de 2011, os preços apurados pelo IPP variaram 7,19%. Em junho, esta variação anual tinha sido de 6,64%. Já o acumulado do ano foi de 5,08% em julho, superando o índice do mês anterior, que ficou em 4,51%.

De acordo com o IBGE, 16 das 23 atividades industriais pesquisadas para o cálculo do IPP apresentaram alta de preços em julho. O índice mede a evolução dos preços de produtos “na porta de fábrica”, sem impostos e fretes, nesses 23 setores da indústria de transformação.

Em relação a junho, as maiores variações de preços ocorreram nos segmentos industriais de alimentos (3,17%), outros produtos químicos (-2,62%), borracha e plástico (1,34%) e bebidas (1,29%). Os itens com maior impacto, para baixo ou para cima, na variação de 0,54% de julho, foram alimentos (0,62%), outros produtos químicos (- 0,29%), metalurgia (-0,10%) e veículos automotores (0,09%).

Segundo a pesquisa do IBGE, na comparação com julho de 2011, os preços da indústria alimentícia cresceram 19,72%, o que representa a maior taxa desde janeiro do ano passado, quando a variação alcançou 19,85%. O segmento vinha apresentando taxas decrescentes até fevereiro de 2012, quando a tendência começou a se reverter.