Inadimplência cai para 5,6% em fevereiro, diz BC

Em relação à pessoa física, houve uma queda de 7,9%, para 7,7% no período

Brasília – O Banco Central informou nesta terça-feira que a inadimplência média do crédito recuou de 5,7% em janeiro para 5,6% em fevereiro.

No caso de pessoa jurídica (PJ), houve estabilidade da taxa de um mês para o outro, em 3,7%. Trata-se do quarto mês em que não há mudança no patamar de calote de PJ.

Em relação à pessoa física, houve uma queda de 7,9%, para 7,7% no período. Desde dezembro de 2011, o BC não registrava uma taxa tão baixa para a inadimplência de pessoa física. Vale lembrar que esses dados fazem parte de uma nova metodologia para nota de crédito, apresentada pelo BC desde janeiro.

A inadimplência no crédito pessoal passou de 4,7% em janeiro para 4,6% no mês passado. A redução do calote no cheque especial foi ainda maior no período, saindo de 8,2% no primeiro mês de 2013 para 7,5% em fevereiro.

No caso de aquisição de veículos houve estabilidade da inadimplência pelo terceiro mês consecutivo, em 6,4%. Já na aquisição de outros bens houve uma redução pequena no período de 9,8% para 9,7%.

Pela nova metodologia, o BC passou a divulgar o calote no cartão de crédito. Pelo documento, a taxa saiu de 27,9% em janeiro para 26,3% em fevereiro.