Setor de serviços empregou 11,4 milhões em 2011

O setor registrou alta de 9,1% nas contratações em relação a 2010

Rio – A Pesquisa Anual de Serviços (PAS), divulgada na manhã desta quarta-feira, 28, pelo IBGE, indicou que o setor registrou alta de 9,1% nas contratações em relação a 2010, totalizando 11,398 milhões de pessoas ocupadas. No ano anterior, o setor tinha registrado 10,449 milhões de trabalhadores. O salário médio nacional para o setor é de R$ 1.375.

À frente das contratações, o setor de serviços profissionais, administrativos e complementares registrou 4,724 milhões de trabalhadores. O número representa uma alta de 9%. Em seguida, o setor de transportes, serviços auxiliares e correio emprega 2,344 milhões de pessoas, uma alta de 6%.

O setor de serviços prestados diretamente às famílias, terceiro colocado em número absoluto de vagas, registrou 2,413 milhões de trabalhadores, uma alta de 10%.

Ainda de acordo com a pesquisa, o Sudeste concentra a maior parte das vagas de trabalho no setor, com 60,7% de participação. A região também é a que tem a maior receita bruta de prestação de serviços, com R$ 743,8 bilhões (66,6%) e a maior média de salários, de 2,8 salários mínimos (a média nacional é de 2,5 salários mínimos).

Em segundo lugar quanto à receita aparece a região Sul, com R$ 148 bilhões. O Nordeste é a terceira região em geração de renda bruta, com R$ 110 bilhões.