IBGE revisa taxa de poupança de 2010 de 17,5% para 19,2%

A mudança decorre da incorporação da nova metodologia para cálculo das Contas Nacionais, seguindo recomendações internacionais

Rio de Janeiro – A taxa de poupança da economia brasileira em 2010 foi revista de 17,5% para 19,2% do Produto Interno Bruto (PIB), informou nesta quarta-feira, 11, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A mudança decorre da incorporação da nova metodologia para cálculo das Contas Nacionais, seguindo recomendações internacionais.

Já em 2011, a taxa de poupança foi revista de 17,2% para 19,4% do PIB.

O trabalho de mudança na metodologia de cálculo das Contas Nacionais levou três anos para ser concluído pelo IBGE.

Nesta quarta-feira houve a primeira divulgação, com os dados anuais de 2010 e 2011, com revisão da série até 2000.

Além de atualizados pela nova metodologia, os dados divulgados nesta quarta-feira também são definitivos, incorporando pesquisas estruturais anuais mais atualizadas.

Tradicionalmente, o PIB definitivo é divulgado pelo IBGE com dois anos de defasagem. O último dado definitivo divulgado foi referente ao ano de 2009.

Taxa de investimento

A taxa de investimento de 2010 foi revisada de 19,5% para 20,6% do Produto Interno Bruto (PIB).

A taxa é calculada pela relação da Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) sobre PIB.

Em 2011, a taxa de investimento foi revisada de 19,3% para 20,6% do PIB, divulgou o IBGE.