IBGE revisa PIB do 1º trimestre de 2014 para 0,7%

O instituto anunciou hoje que o PIB brasileiro recuou 0,2% no primeiro trimestre deste ano em relação ao quarto trimestre de 2014

Rio de Janeiro – O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revisou o Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre de 2014 ante o quarto trimestre de 2013 para uma alta de 0,7%, contra elevação de 0,6% na leitura inicial.

O instituto anunciou hoje que o PIB brasileiro recuou 0,2% no primeiro trimestre deste ano em relação ao quarto trimestre de 2014. Na comparação com o primeiro trimestre de 2014, o PIB caiu 1,6%.

Com o dado divulgado hoje, o PIB acumula queda de 0,9% em 12 meses até o primeiro trimestre de 2015. Ainda segundo o instituto, o PIB do primeiro trimestre do ano totalizou R$ 1,4 trilhão.

A queda de 0,9% no PIB acumulada em quatro trimestres até os primeiros três meses de 2015 é a maior nesta comparação desde o terceiro trimestre de 2009. Naquele ano, o recuo foi de 1,3%, informou IBGE.

Ainda de acordo com o IBGE, a queda de 1,6% no PIB no 1º trimestre do ano em relação a igual período de 2014 foi a quarta seguida e é a maior desde o segundo trimestre de 2009, quando o recuo neste mesmo tipo de comparação foi de 2,3%, informou IBGE.

O recorde negativo foi puxado principalmente por indústria e serviços. O PIB industrial, segundo o IBGE, recuou 3,0% no primeiro trimestre deste ano em relação aos primeiros três meses de 2014, a quarta baixa seguida nesta base e a maior desde o segundo trimestre de 2014 (-3,6%).

O PIB de serviços, por sua vez, tiveram recuo de 1,2% no primeiro trimestre de 2015 ante igual período de 2014. Trata-se da maior queda da série das Contas Nacionais Trimestrais, iniciadas em 1996.

Já a queda de 0,7% no PIB de serviços no 1º trimestre de 2015 ante trimestre imediatamente anterior é a maior nessa base de comparação desde o segundo trimestre de 2014, quando o recuo foi de 0,8%, informou IBGE.

Por outro lado, o PIB da agropecuária cresceu 4,0% no primeiro trimestre de 2015 ante os primeiros três meses do ano passado, o melhor resultado nesta base desde o segundo trimestre de 2013, quando a alta foi de 9,7%.

O IBGE destacou ainda que o crescimento do PIB da agropecuária no 1º trimestre deste ano é a maior desde o terceiro trimestre de 2012. O PIB agropecuário avançou 4,7% nos três primeiros meses do ano. No terceiro trimestre de 2012, a alta tinha sido de 10,9%.