IBGE revisa PIB de 2012 de 0,9% para 1,0%

O resultado ficou abaixo do 1,5% anunciado pela presidente Dilma Rousseff na semana passada

Rio – O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revisou o Produto Interno Bruto (PIB) de 2012 ante 2011 de 0,9% para 1,0%. O resultado ficou abaixo do anunciado pela presidente Dilma Rousseff, na semana passada, durante uma entrevista.

A presidente disse que o crescimento do PIB de 2012 tinha sido revisado de 0,9% para 1,5%. O IBGE anuncia revisões no PIB tradicionalmente na divulgação dos resultados das Contas Trimestrais do terceiro trimestre.

Este ano, foram incorporadas as revisões de pesquisas usadas no cálculo do indicador, mas também a nova Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), que começou a ser divulgada pelo instituto recentemente e motivou especulações sobre uma revisão do crescimento do País para cima.

No entanto, as revisões definitivas, feitas a partir da incorporação das Contas Nacionais Anuais, só serão realizadas quando o trabalho de mudança na metodologia de cálculo do PIB estiver concluído, o que está previsto para o fim de 2014 ou início de 2015.

Quanto aos resultados trimestrais, o IBGE revisou ainda o PIB do 4º trimestre de 2012 em relação ao 4º trimestre de 2011, de 1,4% para 1,8%. Foi revisado também o resultado do 4º trimestre de 2012 frente o terceiro trimestre de 2012, de 0,8% para 0,9%.

O instituto reviu o resultado do 1º trimestre de 2013 no acumulado dos últimos 12 meses de 1,2% para 1,3%. O dado do 1º trimestre de 2013 foi revisado ainda na comparação com o mesmo período do ano anterior, passando de 1,9% para 1,8%, e frente ao trimestre anterior, de 0,6% para 0,0%.

O PIB do 2º trimestre de 2013 foi revisto de 1,9% para 2% no acumulado dos últimos 12 meses, e na comparação com o 1º trimestre, subindo de 1,5% para 1,8%.