IBGE: preços de alimentos sobem 1,35% no IPP de julho

Alta da alimentação é a maior taxa desde novembro de 2010 e a primeira positiva desde janeiro de 2011

Rio de Janeiro – Em julho de 2011, os preços dos alimentos pesquisados no âmbito do Índice de Preços ao Produtor (IPP) subiram 1,35%, a maior taxa desde novembro de 2010 e a primeira positiva desde janeiro de 2011, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com isso, o acumulado no ano para a categoria saiu de -4,54% em junho para -3,25% em julho. No entanto, os preços dos alimentos ainda foram 15,41% superiores em julho de 2011 na comparação com o mesmo mês do ano anterior.

A alta dos alimentos foi puxada principalmente pelas variações positivas de açúcar cristal, açúcar demerara e carnes de bovinos e pela variação negativa nos preços dos sucos concentrados de laranja. Esses quatro produtos responderam por 0,99 ponto porcentual da variação de 1,35%.