HSBC reduz projeção de crescimento do Brasil para 0,4%

O Brasil e a Rússia foram apontados pelo banco como as principais decepções, com maior destaque para a Rússia

Nova York – O banco HSBC reduziu sua projeção de crescimento das economias emergentes em 2014, para 4,4%, de 4,5% na estimativa anterior.

No entanto, a instituição financeira prevê uma aceleração continuada nos próximos dois anos, com avanço de 4,9% em 2015 e 5,2% em 2016, conforme relatório divulgado nesta quinta-feira, 2.

A estimativa de crescimento para o Brasil neste ano também foi rebaixada, para 0,4%, de 1,1%.

A Rússia deve registrar estabilidade em 2014 e entrar em recessão no ano que vem, com queda de 1%.

Os dois países foram apontados pelo banco como as principais decepções, com maior destaque para a Rússia, em razão das sanções econômicas impostas pelo Ocidente.

O banco também projeta um avanço de 7,5% na economia da Índia em 2014. Os chineses devem crescer 7,5% em 2014, 7,7% em 2015 e 7,6% em 2016.

Fonte: Dow Jones Newswires.