Holland nega sugestão de trocar carne por outro alimento

Secretário do Ministério da Fazenda fez recomendações aos brasileiros que trocassem a carne bovina, em função da alta de preço, por outros alimentos

Brasília – O Ministério da Fazenda divulgou nesta quinta-feira, 9, nota de esclarecimento sobre declarações dadas pelo secretário de Política Econômica da pasta, Márcio Holland.

Ontem, ao comentar o resultado do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de setembro, ele fez recomendações aos brasileiros que trocassem a carne bovina, em função da alta de preço, por outros alimentos.

A entrevista foi gravada pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado. No comunicado, no entanto, Holland nega que tenha feito tal sugestão.

Na nota divulgada hoje, o secretário “esclarece” que, ao comparar as variações dos preços dos alimentos em setembro, “pretendia apenas chamar atenção para um movimento de substituição que pode estar em curso”.

Holland diz que, na ocasião do comentário, citou o caso especifico de carnes, cujo preço subiu significativamente acima da inflação no mês passado e pode estar sendo substituída por outras fontes de proteínas, como frangos e ovos.

Ressaltou, inclusive, que em economia esse fenômeno é chamado de ‘efeito-substituição’. “Não houve intenção de sugerir um comportamento específico por parte das famílias”, diz a nota.