BC cumpre muito bem seu papel, diz Holland

Secretário disse que o BC é uma instituição que dispõe de credibilidade e fundamentos e tem grande capacidade de conduzir a política monetária

Brasília – O secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland, disse nesta segunda-feira, 19, que o Banco Central é uma instituição que dispõe de credibilidade e fundamentos e tem grande capacidade de conduzir a política monetária. Mesmo ressalvando que falava genericamente, Holland foi questionado por um internauta sobre a condução da política monetária do País.

“Nós temos enfrentado uma situação de 2008 para cá que não é uma situação de normalidade internacional. Os BCs já compraram mais de US$ 9 trilhões do mercado e, ainda assim, as economias não desenvolveram o suficiente, a Europa passou dois anos com crescimento negativo”, avaliou.

“Não é o caso do Brasil, que saiu-se muito bem, a despeito de uma crise, e o Banco Central, na minha avaliação, tem cumprido muito bem esse papel”, completou.

Ele afirmou que no Brasil “ainda há dificuldade de entender o que é política anticíclica”. “Mundo afora passou a se consagrar a ideia de que são importantes políticas anticíclicas para lidar com adversidades da crise internacional”, afirmou. Segundo o secretário, a política fiscal brasileira “está migrando de política anticíclica para a neutralidade”.

Holland participa de audiência pública na Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado Federal para discutir as políticas fiscal, monetária e tributária e suas consequências para o desenvolvimento da infraestrutura.