Grécia precisa de tempo de carência para sua dívida, diz FMI

"É possível restaurar a sustentabilidade da dívida sem reduzi-la embora isso signifique amplas concessões", disse o porta-voz do FMI

A Grécia precisará ser liberada por um tempo do pagamento a seus credores e organizar suas finanças caso a União Europeia se recuse a reduzir sua dívida, disse nesta quinta-feira o Fundo Monetário Internacional (FMI).

“É possível restaurar a sustentabilidade da dívida sem reduzi-la embora isso signifique amplas concessões; incluindo um longo período de carência e maturidade e taxas de juros muito baixas”, disse o porta-voz do FMI, Gerry Rice.