Grécia perde segundo prazo de pagamento ao FMI

Apesar de acordo com credores, a Grécia perdeu hoje seu segundo prazo de pagamento em duas semanas ao FMI

Washington – Apesar de ter chegado a um acordo com os credores, a Grécia perdeu nesta segunda-feira seu segundo prazo de pagamento em duas semanas ao Fundo Monetário Internacional.

Atenas tinha que pagar 450 mil euros ao FMI até as 22H00 GMT (19H00 horário de Brasília), mas o pagamento não era esperado, considerando-se o calote de 1,5 bilhão de euros ao Fundo no dia 30 de junho.

A moratória grega ao FMI chega agora aos 2 bilhões de euros, de acordo com a declaração do porta-voz Gerry Rice em comunicado.

Com o primeiro calote em junho, o FMI cortou o acesso da Grécia aos recursos da instituição, incluindo o atual programa de financiamento ao país.

A Grécia pediu ao FMI uma extensão do prazo de pagamento, um recurso que foi usado poucas vezes na entidade.

“O pedido da Grécia para uma extensão do prazo de pagamento de 30 de junho deve ser discutido pelo Conselho Executivo nas próximas semanas”, afirmou o porta-voz.