Governo vai ampliar desoneração da folha, diz Mantega

Em abril, o governo já havia anunciado a desoneração da folha para 11 setores

São Paulo- O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou na noite desta quinta-feira que o governo vai estender a desoneração da folha de pagamentos para outros setores, sem detalhar, no entanto, quando isso ocorrerá.

“A desoneração da folha de pagamentos a 15 setores da indústria é uma medida que ajuda no curto prazo… vamos continuar nesse caminho e ampliar para outros setores”, afirmou o ministro durante um evento em São Paulo.

Em abril, o governo já havia anunciado a desoneração da folha para 11 setores, ampliando para 15 as áreas da economia que deixam de pagar 20 por cento de Contribuição Previdenciária que incide na folha e passam a pagar uma alíquota fixa sobre o faturamento bruto.

Na quarta-feira em Paris, o secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland, disse à Reuters que a equipe econômica poderia ampliar a desoneração da folha em setores da indústria apenas em 2013.

Segundo Holland, outros setores que poderiam ser beneficiados no futuro são infraestrutura, varejo e “mobilidade urbana”.

Em seu discurso, Mantega disse também que “a agressividade dos bancos públicos na concessão de financiamentos decorre da falta de apetite das instituições privadas para liberar mais crédito e baixar os juros.” “Foi exatamente o que aconteceu em 2008-2009 quando os bancos públicos entraram em campo e ganharam mercado sem elevar inadimplência”, afirmou o ministro.