Governo sempre disse que Petrobras tem autonomia nos preços, diz Onyx

Em coletiva para anunciar pacote aos caminhoneiros, ministro da Casa Civil disse que os rumos da política de preços serão discutidos hoje (16)

Brasília — O governo sempre afirmou que a Petrobras tem autonomia para realizar a sua política de preços de combustíveis, afirmou nesta terça-feira, 16, o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, a jornalistas, durante coletiva para anunciar pacote de medidas para atender demandas de caminhoneiros.

A afirmação foi feita após a petroleira estatal ter cancelado, na semana passada, um reajuste de 5,7 por cento do preço médio do diesel, após ligação do presidente Jair Bolsonaro ao presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco.

Veja também

Bolsonaro apontou ao CEO da Petrobras preocupação com o impacto do aumento sobre os caminhoneiros, que vinham ameaçando uma greve.

Dessa forma, o valor médio do diesel está estável desde 22 de março.

Apesar de reconhecer na sexta-feira que recebeu pedido de Bolsonaro no dia anterior, Castello Branco tem defendido que a companhia tem autonomia.

Onyx evitou fazer mais comentários sobre a política de preços da Petrobras na coletiva e reiterou que a questão será discutida na tarde desta terça-feira em reunião do governo, com a presença de Bolsonaro, ministros e Castello Branco.