Governo prevê crescimento de 3% na produção de grãos em 2014

A produção de grãos será em 2014 de 193,9 milhões de toneladas, um número 3% superior ao obtido em 2013, segundo IBGE

Rio de Janeiro – A produção de grãos do Brasil, um dos maiores produtores mundiais de alimentos, será em 2014 de 193,9 milhões de toneladas, um número 3% superior ao obtido em 2013, segundo a previsão divulgada nesta terça-feira pelo governo.

A produção de cereais, leguminosas e oleaginosas no ano passado foi de 188,2 milhões de toneladas e superou em 16,2% a do ano anterior, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

De acordo com a projeção divulgada pelo IBGE para este ano, a área cultivada deverá somar 55 milhões de hectares, o que suporia um aumento de 4,2% em relação à terra destinada à semeadura em 2013 (52,8 milhões de hectares).

O arroz, milho e a soja concentrarão neste ano 92,5% da produção agrícola brasileira e 85,5% da área semeada.

Segundo o IBGE, a produção de arroz e soja subirá 6,3% e 11,7%, respectivamente, enquanto a de milho diminuirá 6% em relação a 2013.

Entre outros produtos para os que se espera um aumento da produção destacam o feijão em sua primeira safra (62,3%), a cevada em grão (17,3%) e a mandioca (10,3%).

O IBGE destacou, no entanto, que o estudo foi realizado com dados recolhidos até a segunda 15 de janeiro e não registra os efeitos das altas temperaturas e a falta de chuva nas regiões sul e sudeste do país, que pudessem afetar essas projeções.