Governo pedirá crédito para cumprir regra de ouro em 2019, diz Colnago

Prevista na Constituição, a regra de ouro impede a emissão de dívida para financiamento de gastos correntes

Brasília – O governo vai solicitar um crédito especial ao Congresso para cumprir a chamada regra de ouro das contas públicas no Orçamento do ano que vem, disse nesta terça-feira o novo ministro do Planejamento, Esteves Colnago.

Prevista na Constituição, a regra de ouro impede a emissão de dívida para financiamento de gastos correntes.

Em sua primeira entrevista coletiva, Colnago afirmou que o governo analisa os números e pode sugerir uma alteração da meta de resultado primário, atualmente indicada como um déficit de 139 bilhões de reais.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s