Governo espera aprovar reforma entre fim do semestre e início do próximo

Em encontro com Doria, Mourão reforçou "visão clara" de Bolsonaro sobre relacionamento positivo que governo deve ter com Estados e municípios

São Paulo – O presidente da República em exercício, Hamilton Mourão, disse nesta segunda-feira que o governo espera aprovar a reforma da Previdência entre o fim deste semestre e o início do próximo.

Após encontro com o governador de São Paulo, João Doria, no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, Mourão também disse que o presidente Jair Bolsonaro, que está em visita oficial aos Estados Unidos, tem uma “visão clara” do relacionamento positivo que o governo federal deve ter com Estados e municípios.

“A reforma da Previdência nós temos ela muito clara como ponto de partida para a reformulação pretendida no nosso país. Se nós não fizermos nada, as gerações que aqui estão representadas –que eu olho aqui do lado e é juventude que está aqui– vocês vão olhar para a gente e perguntar ‘onde é que vocês estavam que não fizeram nada?'”, disse Mourão em pronunciamento a jornalistas.

“Nós contamos com o apoio do Estado de São Paulo, da sua bancada, na busca pela aprovação dessa reforma, se Deus quiser e tudo correr bem, até o final desse semestre, início do próximo semestre”, acrescentou o presidente em exercício.

Além do encontro com Doria –que o governador paulista classificou como uma reunião não política– Mourão participa ainda nesta segunda-feira em São Paulo de um encontro com investidores suecos na zona sul da capital paulista.