Governo destaca aumento “expressivo” das exportações

Pelo conceito da média diária, as vendas ao exterior no mês passado foram 5,2% superiores às registradas no mesmo mês do ano passado

Brasília – O secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Daniel Godinho, destacou nesta sexta-feira, 02, o que chamou de aumento “expressivo” das exportações em abril.

Pelo conceito da média diária, as vendas ao exterior no mês passado foram 5,2% superiores às registradas no mesmo mês do ano passado.

“Também houve queda na média diária das importações, de 2,2%”, destacou.

Godinho citou ainda que o déficit comercial do primeiro quadrimestre deste ano (US$ 5,57 bilhões) foi quase 10% menor que o registrado nos quatro meses iniciais de 2013 (US$ 6,15 bilhões), que havia sido o recorde de pior desempenho da balança comercial brasileira para o período.

O secretário também destacou os resultados da conta petróleo e derivados, com crescimento de 9,1% na média diária de exportações do produto no primeiro quadrimestre em relação aos quatro primeiros meses do ano passado e queda de 12,1% na média de importações do bem no mesmo período.

Ainda assim, o déficit na conta petróleo foi de US$ 6,059 bilhões no primeiro quadrimestre. “A balança teria um superávit de 493 milhões no acumulado de 2014 sem a conta petróleo”, completou Godinho.

Acumulado em 12 meses

No acumulado em 12 meses, até abril de 2014, a balança comercial brasileira registra um superávit de US$ 3,132 bilhões, segundo os dados divulgados pelo ministério.

No acumulado do primeiro quadrimestre de 2014, o resultado comercial é um déficit de US$ 5,566 bilhões.