Governo argentino anuncia aumento a aposentados

Em um ato na sede do Executivo transmitido em cadeia nacional, Cristina disse que a partir de março as aposentadorias subirão 11,31%

Buenos Aires – A presidente argentina, Cristina Kirchner, anunciou nesta terça-feira um aumento da pensão dos aposentados, em meio às tensões na economia pela recente desvalorização do peso e a escalada dos preços ao consumidor.

Em um ato na sede do Executivo transmitido em cadeia nacional, Cristina disse que a partir de março as aposentadorias subirão 11,31%, com o que o aumento no último ano alcançará 27,35%.

Com esta alta, a pensão mínima dos aposentados será de 2.757 pesos (cerca de R$ 830).

A medida, que beneficia 7,3 milhões de aposentados, não é “populista” nem “provoca inflação”, assegurou a governante em seu primeiro ato público após a forte desvalorização do peso argentino nas últimas duas semanas.

Após a desvalorização da moeda local, que acumulou 23% em janeiro, a preocupação agora se centra na inflação, uma vez que se registraram fortes aumentos de preços, em particular em bens de consumo em massa.