Geadas reduzem safra de milho do PR em 35%; trigo em 9%

A safra de trigo deverá cair 9 por cento na comparação com a previsão inicial, para 2,6 milhões de toneladas

São Paulo – As geadas dos dias 27 e 28 de junho no Paraná quebraram a produção de trigo e milho do Estado, o maior produtor brasileiro desses cereais.

Segundo fontes ouvidas pela Reuters, a segunda safra de milho 2010/11 foi reduzida pelo governo do Estado em 35 por cento em relação à expectativa inicial, para 5,3 milhões de toneladas.

O Estado esperava colher uma segunda safra recorde de milho nesta temporada, após ter ampliado a área plantada em 27 por cento, para 1,7 milhão de hectares.

Na temporada passada, a produção da chamada safrinha de milho foi de 6,8 milhões de toneladas. Ou seja, com os problemas climáticos, a quebra ante 2009/10 será de 22 por cento.

A maior parte do milho do Estado estava suscetível a perdas quando as geadas ocorreram.

No caso do trigo, o total das lavouras sujeitas a perdas era menor, o que explica uma redução menor na produção.

A safra de trigo deverá cair 9 por cento na comparação com a previsão inicial, para 2,6 milhões de toneladas.

Na comparação à temporada passada, quando o Estado teve uma de suas melhores safras de trigo, a queda é de cerca de 25 por cento.

Os números constam de levantamento da Secretaria de Agricultura que deverá ser divulgado nesta terça-feira.