Fundo Europeu declara Grécia oficialmente em calote

FEEF afirma que é preciso reservar o direito de agir posteriormente, mas "sem reclamar reembolso imediato" de Atenas

Bruxelas – O Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (FEEF) declarou oficialmente, nesta sexta-feira, a Grécia em situação de default (calote), por não ter realizado o pagamento de 1,6 bilhão de euros ante o FMI, mas sem consequências financeiras imediatas.

Essa falta de pagamento, que venceu na terça-feira, constitui um default por parte da Grécia, segundo termos do acordo financeiro entre Atenas e o FEEF, segundo indica a instituição em um comunicado.

No entanto, o FEEF afirma que é preciso reservar o direito de agir posteriormente, mas “sem reclamar reembolso imediato” de Atenas, nem renunciar a seus créditos.