França: saída da Grécia da Eurozona já não está sobre a mesa

O presidente francês defendeu que os esforços de Atenas devem permitir-lhe obter em breve a parcela de ajuda europeia ainda pendente

Bruxelas – A zona do euro “já não pensa” em uma possível saída da Grécia da moeda única, assegurou nesta quinta-feira o presidente da França, François Hollande, que defendeu que os esforços de Atenas devem permitir-lhe obter em breve a parcela de ajuda europeia ainda pendente.

“Agora a questão da presença da Grécia na zona do euro é algo que já não se fala”, disse Hollande em entrevista coletiva ao término do Conselho Europeu realizado em Bruxelas.

Segundo o presidente francês, o Governo de coalizão grego liderado por Antonis Samaras cumpriu seus compromissos.

“Quero que agora se decida rapidamente que os fundos previstos possam ser desbloqueados nas próximas semanas após o relatório da troika” (Comissão Europeia, BCE, FMI), assinalou Hollande.