Formalização no mercado de trabalho foi retomada em 2013

Segundo PNAD, porcentual de empregados que possuíam carteira de trabalho assinada atingiu nível recorde em 2013

Rio – Se o desemprego subiu no ano passado, pelo menos o processo de formalização no mercado de trabalho foi retomado. 

Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), divulgada ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o porcentual de empregados que possuíam carteira de trabalho assinada atingiu nível recorde em 2013, de 65,2% do total de empregados (sem contar trabalhadores domésticos).

Em 2012, tinha havido uma estagnação, com 64,1%, mas ano passado o processo de formalização, iniciado em 2003, foi retomado.

A partir de 2003, houve crescimento do emprego com carteira de trabalho assinada, alcançando 65,2% em 2013, expansão de 9,9 pontos porcentuais frente a 2001.

“Os empregados com carteira no setor privado vêm crescendo. A gente já acompanha isso desde 2004”, comentou Maria Lucia Vieira, gerente da PNAD.