Para Focus, corte nos juros deve ocorrer só em junho de 2016

As previsões são de que a Selic fique em 14,25% em 2015; termine o próximo ano em 12,25%; e chegue a março de 2017 em 11,50%

Rasília – O mercado financeiro deixou de acreditar que abril de 2016 será o início da redução dos juros básicos (Selic)

Nesta semana, os analistas jogaram essa expectativa para junho, quando esperam que ocorra um corte de 0,50 ponto porcentual na taxa, passando de 14,25% ao ano para 13,75%.

Essa previsão foi construída depois de o Banco Central informar na ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) que manterá os juros em 14,25% ao ano por um período “suficientemente prolongado”, tempo necessário para fazer convergir a inflação para a meta ao fim de 2016.

Mesmo com a piora das projeções para a inflação do próximo ano, com as estimativas se distanciando cada vez mais do centro da meta, de 4,5%, os analistas ainda não projetam novas altas de juros.

As previsões são de que a Selic fique em 14,25% em 2015; termine o próximo ano em 12,25%; e chegue a março de 2017 em 11,50%. Os dados são do Banco Central e foram coletados para o boletim Focus.