Fluxo de consumidores no varejo cai 7,9% em março

O consumo vem recuando desde o começo do ano e o primeiro trimestre já apresenta retração de 6,4% em relação ao mesmo período de 2014

São Paulo – A frequência de consumidores nas lojas do comércio brasileiro caiu 7,9% em março deste ano ante o mesmo mês de 2014, de acordo com os dados da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC) e da Virtual Gate. O fluxo de consumidores nas lojas é considerado um indicador antecedente das vendas.

Março deu continuidade à tendência de queda nas visitas dos consumidores às lojas, que vem recuando desde o início do ano. No acumulado do primeiro trimestre deste ano, o fluxo de clientes já caiu 6,4% ante o mesmo período do ano passado.

Na comparação com fevereiro, o resultado de março foi 2,5% inferior. A tendência negativa se manteve mesmo sendo março um mês com mais dias úteis que fevereiro.

Em nota, Eduardo Terra, presidente da SBVC, considerou que os dados refletem a cautela do consumidor em relação à economia do País. “Estamos diante de um cenário de desconfiança geral por parte de quem consome”, comentou. “Isso leva à retração no movimento de compra gerada pelo receio de um cenário incerto”.