Fluxo cambial tem déficit de US$1,454 bi em fevereiro, mostra BC

No mês passado, o saldo ficou negativo em 1,454 bilhão de dólares, depois do superávit de 8,063 bilhões de dólares em janeiro

São Paulo – Depois de ter encerrado janeiro com superávit e no melhor resultado desde abril do ano passado, o fluxo cambial –entrada e saída de moeda estrangeira do país– voltou a ficar deficitário em fevereiro, novamente influenciado pelo desempenho da conta financeira.

No mês passado, o saldo ficou negativo em 1,454 bilhão de dólares, depois do superávit de 8,063 bilhões de dólares em janeiro, informou o Banco Central nesta quarta-feira.

A conta financeira –por onde passam investimentos diretos, em portfólio, entre outros– registrou déficit de 4,816 bilhões de dólares em fevereiro, devolvendo grande parte do superávit de 5,527 bilhões de dólares registrado em janeiro.

Já a conta comercial, segundo o BC, ficou positiva em 3,362 bilhões de dólares, depois de ter registrado superávit de 2,535 bilhões em janeiro.

Depois de um começo de ano bastante favorável, a percepção de que o Federal Reserve, banco central norte-americano, pode aumentar o juro num ritmo mais intenso do que o inicialmente imaginado acabou gerando forte onda vendedora nos mercados no início do mês passado.

Apenas nos dois primeiros dias de março, ainda segundo o BC, o fluxo cambial ficou negativo em 565 milhões de dólares, com a conta comercial registrando superávit de 851 milhões de dólares e a financeira, saída líquida de 1,416 bilhão de dólares.

No ano, o fluxo cambial estava positivo em 6,044 bilhões de dólares.