Fluxo cambial fica negativo em US$2,47 bi no país na semana

Resultado veio da conta comercial, que teve déficit de 1,585 bilhão de dólares entre os dias 19 e 23 passados

São Paulo – O fluxo cambial, entrada e saída de moeda estrangeira do país, ficou negativo em 2,470 bilhões de dólares na semana passada, informou nesta quarta-feira o Banco Central.

O resultado veio da conta comercial, que teve déficit de 1,585 bilhão de dólares entre os dias 19 e 23 passados, e da conta financeira –por onde passam os investimentos estrangeiros em portfólio, diretos, entre outros–, com saída líquida de 884 milhões de dólares.

O forte resultado negativo da semana coincide com o BC voltar a realizar leilões de venda de dólares com compromisso de recompra, indicando que havia falta de liquidez também no mercado à vista. Nas semanas anteriores, o BC vinha concentrando suas atuações em leilões swap cambial tradicional –equivalente a venda de dólares no mercado futuro.

No acumulado de agosto até o dia 23, o fluxo cambial estava negativo em 2,748 bilhões de dólares, já superando as saídas líquidas vistas em todos os meses fechados neste ano.

Na sexta-feira, o BC anunciou um programa de intervenção diária com potencial de 60 bilhões de dólares, através de leilões de swap tradicional e de linha.

De maio para cá, o dólar já se valorizou cerca de 20 por cento ante o real, com as turbulências externas –com investidores apreensivos com a provável redução de estímulos nos Estados Unidos– e desconfiança com a atual política econômica no Brasil.

No ano, o fluxo cambial estava positivo em 5,340 bilhões de dólares até sexta-feira passada, muito menor do que o superávit de 22,078 bilhões de dólares vistos em igual período de 2012.