Financiamento de imóveis novos é o maior em 20 anos

Montante de contratações com a Caixa Econômica Federal nos quatro primeiros meses já é maior do que em todo o ano de 2007

São Paulo – O número de financiamentos de imóveis novos contratados com a Caixa Econômica Federal neste ano já é o maior em mais de 20 anos, considerando quadrimestres, segundo o vice-presidente de Governo da instituição, Jorge Hereda. O montante também é superior ao total de contratações de todo o ano de 2007. O desempenho, acrescenta a Caixa, serve também como uma projeção para o resultado do ano completo.

Em abril, até o dia 23, as contratações de financiamentos pela Caixa cresceram 126% em relação ao mesmo intervalo do ano anterior, atingindo recorde, com o empréstimo de R$ 19,6 bilhões para o equivalente a 323.268 famílias. Somado aos negócios previstos no Feirão da Caixa, que deve movimentar cerca de R$ 3,5 bilhões, a instituição espera superar a marca de R$ 55 bilhões em volume de financiamento imobiliário, podendo chegar a R$ 60 bilhões até o final do ano.

A taxa de inadimplência em financiamentos contratados com a instituição se manteve estável em 1,46% no mês de fevereiro, último dado disponível. Segundo Hereda, o indicador permanece próximo deste patamar desde dezembro, quando atingiu 1,42%. Em fevereiro de 2009, a inadimplência estava em 2,01%.

Feirão

A instituição anunciou hoje a nova edição do Feirão da Casa Própria. O 6º Feirão Caixa da Casa Própria percorrerá 13 cidades de norte a sul do Brasil, entre os meses de maio e junho. A instituição espera a visita de 120 mil pessoas apenas em São Paulo, onde serão oferecidos 51.423 imóveis novos e 100.422 usados, somando 151.845 unidades, no valor de R$ 24,6 bilhões. No total, incluindo imóveis na planta, a instituição oferecerá 450 mil imóveis em todo o País, dos quais 200 mil estão dentro do programa “Minha Casa, Minha Vida”, para famílias na faixa com renda superior a 3 salários mínimos. Essa fatia representa 44,4% do total de unidades novas, usadas e na planta oferecidas no evento.

O evento começa em Belém, de 7 a 9 de maio. São Paulo receberá Feirão no Centro de Exposições Imigrantes entre 13 e 16 de maio. Nesse período, o evento passa também pelas cidades de Salvador, Fortaleza e Curitiba. Entre 20 e 23 de maio, será a vez do Rio de Janeiro, Recife, Brasília, Uberlândia (MG), Campinas (SP), Florianópolis e Porto Alegre. Belo Horizonte encerra o Feirão, de 11 a 13 de junho.