Figueiredo acredita que UE e Mercosul terão acordo em breve

Luiz Alberto Figueiredo, ministro das Relações Exteriores, afirmou que União Europeia e Mercosul poderão conseguir um acordo em breve

Berlim – O chanceler brasileiro, Luiz Alberto Figueiredo, se mostrou nesta sexta-feira em Berlim “muito otimista” sobre o desenvolvimento das negociações comerciais entre a União Europeia (UE) e Mercosul e afirmou que “em breve” poderá conseguir um acordo.

Na entrevista coletiva que seguiu seu encontro com o ministro das Relações Exteriores alemão, Frank-Walter Steinmeier, Figueiredo indicou que “avançou bastante” nas negociações e que em breve as partes estarão disponíveis para fazer ofertas mútuas.

Neste sentido, o chanceler indicou que hoje vai acontecer em Bruxelas uma reunião entre representantes da UE e do Mercosul para abordar este assunto e recalcou que foram realizados avanços nos preparativos.

Steinmeier, por sua parte, se mostrou mais cauteloso, reconheceu que o processo para chegar a um acordo comercial com o Mercosul será “longo” e que ainda “não foi possível muito”, mas destacou que há “suficiente espaço” para conseguir “relações mais estreitas” em nível econômico.

No encontro dos ministros do Brasil e Alemanha foi abordada também a situação na Ucrânia e Venezuela, assim como o início em 2015 de cúpulas anuais bilaterais.