FGV: IGP-DI registra deflação de 0,05% em julho

Queda foi de 0,05% em julho, mais fraca em comparação com junho, quando caiu 0,13%

Rio de Janeiro – A deflação perdeu força no Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI), que teve queda de 0,05% em julho, após cair 0,13% em junho, segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV). A taxa veio dentro das estimativas dos analistas do mercado financeiro ouvidos pela Agência Estado (de -0,07% a 0,10%), e abaixo da mediana das expectativas (-0,01%).

Embora não seja mais usada para reajustar a tarifa de telefone, a taxa acumulada do IGP-DI ainda é usada como indexadora das dívidas dos Estados com a União. Com o resultado divulgado hoje, o indicador acumula altas de 2,89% no ano e de 8,34% em 12 meses.

No caso dos três indicadores que compõem o IGP-DI, o IPA-DI caiu 0,13% em julho, após registrar queda de 0,19% em junho. O IPC-DI teve taxa negativa de 0,04% em julho, em comparação com a queda de 0,18% em junho. Já o INCC-DI subiu 0,45%, em comparação com a taxa positiva de 0,37% em junho.

O período de coleta de preços para o IGP-DI de julho foi do dia 1º a 31 do mês passado.