Faturamento da indústria de máquinas cai 12,2% em junho

Na comparação com maio, o faturamento caiu 6,4 por cento, invertendo pela primeira vez no ano a curva de retomada iniciada em janeiro

São Paulo – A indústria de máquinas e equipamentos encerrou junho com queda de 12,2 por cento no faturamento em relação ao mesmo período do ano passado, para 6,797 bilhões de reais, informou nesta quarta-feira a entidade que representa o setor, Abimaq.

Na comparação com maio, o faturamento caiu 6,4 por cento, “invertendo pela primeira vez no ano a curva de retomada iniciada em janeiro”, disse a Abimaq em relatório.

No semestre, o setor que integra o segmento de bens de capital, apurou vendas de 37,727 bilhões de reais, queda de 8,2 por cento na comparação com a primeira metade de 2012.

O nível de utilização de capacidade da indústria fechou junho em 73,9 por cento ante 76,5 por cento no mesmo período de 2012, segundo a entidade.

Em junho, o consumo aparente de máquinas somou 10,79 bilhões de reais, mantendo a leve tendência de crescimento iniciada em janeiro. Mas o crescimento de 8 por cento na comparação anual “se elevou em função de produtos importados.

As exportações do setor fecharam o semestre em queda de 13,7 por cento ante mesma etapa de 2012, para 5,53 bilhões de dólares. Já as importações cresceram 4,9 por cento, para 16,173 bilhões de dólares.