Exportação de carne bovina do Brasil cresce 11,7% em janeiro

Exportações foram para 130,4 mil toneladas, informou nesta segunda-feira a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne

São Paulo – As exportações de carne bovina do Brasil, maior exportador global do produto, aumentaram 11,7 por cento em janeiro na comparação com o mesmo mês de 2013, para 130,4 mil toneladas, informou nesta segunda-feira a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec).

A receita com as exportações atingiu 555,8 milhões de dólares, alta de 7,4 por cento na mesma comparação.

“Este é o primeiro passo rumo a mais um ano de recordes para a exportação de carne brasileira, com a expectativa de atingirmos a marca de 8 bilhões de dólares”, disse o presidente da Abiec, Antônio Jorge Camardelli, em nota.

Para atingir esta meta, a Abiec aposta na manutenção do status sanitário do país, assim como na abertura de novos mercados neste ano.

Hong Kong foi o principal mercado para a carne brasileira no primeiro mês de 2014, respondendo por 125 milhões de dólares (31 mil toneladas exportadas), seguido da Rússia, União Europeia, Venezuela e Irã.

Na lista dos dez principais mercados da carne no mundo, a Abiec destacou o Irã, que teve um faturamento 11 vezes maior comparado ao mesmo período do ano passado, subindo de 5,1 milhões de dólares para 56,4 milhões de dólares.

“Temos uma expectativa bastante positiva para este país no decorrer do ano. Um sinal do potencial deste mercado é que, só em janeiro, os clientes iranianos já importaram mais de um quarto do total de todo o ano passado”, disse o executivo.

Também mereceram destaque as expansões dos negócios com o Egito (incremento de 106 por cento) e Emirados Árabes (57,8 por cento).

A carne in natura também continua sendo a categoria de produtos brasileiros mais desejada pelos importadores em todo mundo, atingindo um faturamento superior a 450 milhões de dólares em janeiro.