Expectativa por corte de juro vai diminuir após coronavírus, diz Bullard

Presidente do Fed de St. Louis acredita que medo do surto de coronavírus pressiona queda de juros

 As expectativas do mercado por um corte nas taxas de juros vão se enfraquecer à medida que o medo do coronavírus diminuir, disse o presidente do Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos) de St. Louis, James Bullard, à CNBC.

“Há uma alta probabilidade de que o coronavírus passe sem grandes impactos como ocorreu com outros vírus, seja um choque temporário e depois tudo volte”, afirmou Bullard à CNBC.