Ex-ministro grego lança movimento contra desintegração da UE

"A desintegração da União Europeia vai provocar um colapso similar ao que ocorreu nos anos 1930", disse Yanis Varoufakis

O ex-ministro grego das Finanças Yanis Varoufakis lançou nesta terça-feira, em Berlim, um novo movimento político com o qual pretende evitar a desintegracão da União Europeia.

Sete meses depois de renunciar ao governo de esquerda radical de Alexis Tsipras, o polêmico e midiático Varoufakis apresentou na capital alemã o movimento pan-europeu “Democracy in Europe Movement 2025” (DiEM25), quando criticou “o rotundo fracasso (dos 28 países membros da UE) emn conduzir a crise dos refugiados de uma maneira sensível e humanistas, com a possível exceção de (chanceler alemã) Angela Merkel”.

“A desintegração da União Europeia vai provocar um colapso similar ao que ocorreu nos anos 1930”, antes da chegada ao poder dos nazistas previu Varoufakis falando à imprensa.

Seu novo movimento também tem como objetivo por fim a um “processo de decisão político que impede aos europeus de exercer um controle democrático sobre seu dinheiro, suas finanças, suas condições de trabalho e meio ambiente”, afirma o manifesto do fundador.

O DIEM 25, “um movimento aberto a todos os democratas liberais, sociais, radicais, ecológicos”, segundo o texto, tem por ora um apoio moderado da esquerda europeia.