Produtividade da mão de obra nos EUA cai 2% no 4º tri

A produtividade no setor manufatureiro, porém, aumentou 0,5%

O Departamento do Trabalho dos Estados Unidos informou que a produtividade da mão de obra no país caiu a uma taxa anual de 2,0% no quarto trimestre de 2012, segundo dados preliminares. Analistas consultados pela Dow Jones previam uma queda menor, de 1,6%.

Já o custo unitário da mão de obra, indicaram os números preliminares, avançou a uma taxa anual de 4,5% entre outubro e dezembro, superando a previsão de um acréscimo de 3,2%.

Em todo o ano de 2012, a produtividade cresceu 1,0%, superando a alta de 0,7% vista em 2011, mas o resultado ficou abaixo de taxas registradas antes.

A produção geral de negócios não agrícolas se desacelerou para um pequeno ganho no trimestre passado, após expandir 4,7% nos três meses anteriores. As horas trabalhadas avançaram 1,3%, depois de aumentarem 1,5%.

A produtividade no setor manufatureiro, por outro lado, cresceu 0,5% no quarto trimestre, enquanto o custo unitário da mão de obra aumentou 0,4%.

Dados revisados mostraram também que a produtividade da mão de obra caiu 0,9% no terceiro trimestre e que o custo unitário da mão de obra subiu 3,2%. As informações são da Dow Jones.