EUA impõem mais tarifas e Pequim afirma que irá retaliar

O órgão chinês lamentou novamente a imposição dos EUA e disse esperar que as duas nações possam trabalhar juntas

Pequim – Conforme programado, entrou em vigor à 1h01 (horário de Brasília) desta sexta-feira (10), o aumento tarifário imposto pelos Estados Unidos a mais US$ 200 bilhões em produtos da China. Minutos após a medida ter efeito, o Ministério do Comércio chinês reiterou que pretende retaliar a ação, mas não especificou de que maneira isso pode acontecer.

O órgão chinês lamentou novamente a imposição dos EUA e disse esperar que as duas nações possam trabalhar juntas para resolver as disputas por meio de cooperação e negociação.

Estados Unidos e China concordaram em continuar as negociações comerciais na manhã desta sexta-feira, segundo anúncio da Casa Branca.