EUA esperam algum acordo sobre o Nafta em agosto

Representante de Comércio, Robert Lighthizer, projetou aos senadores prazo necessário para obter assinatura de acordo ainda com atual presidente mexicano

Os Estados Unidos esperam alcançar em agosto algum acordo com o Canadá e o México sobre o tratado norte-americano de livre-comércio Nafta, disse nesta quinta-feira (26) o Representante Americano de Comércio, Robert Lighthizer.

“É provável que tenhamos algum tipo de conclusão durante o mês de agosto, e acho que é um período razoável se todos fizerem o que têm que fazer”, disse Lighthizer ao falar a uma comissão do Senado americano.

“Minha esperança é que antes de um prazo muito longo tenhamos uma conclusão a respeito do México, e como resultado o Canadá se some e comecemos algum tipo de compromisso”, disse.

No México, Andrés Manuel López Obrador assumirá a Presidência em 1º de dezembro, e por isso Lighthizer projetou aos senadores o prazo necessário para obter a assinatura de um acordo ainda com o atual presidente Enrique Peña Nieto.

Como a assinatura de um acordo deste tipo requer um preaviso de 90 dias para que seja validado pelos Estados Unidos, Lighthizer estima que o prazo ideal para fechar o acordo seria em agosto.

No entanto, segundo o funcionário, a assinatura do acordo teria que contar “com o consentimento do presidente eleito” López Obrador.

O secretário americano do Tesouro, Steven Mnuchin, disse nesta quinta-feira à rede de televisão CNBC que as negociações relativas ao Nafta são “muito complicadas”.

“São assuntos muito complicados que se referem a um enorme espectro e a equipe negociadora está concentrada nos pontos que restam”, disse.

Lighthizer recebe nesta quinta-feira uma delegação do México liderada por seu principal negociador do Nafta, o ministro da Economia Ildefonso Guajardo, e que conta com representantes do presidente eleito.