EUA e China fecham acordo parcial e podem definir trégua, dizem fontes

China concordaria com algumas concessões agrícolas e os EUA forneceriam algum alívio tarifário

Os EUA e a China chegaram a um acordo parcial na sexta-feira que deve levar a uma trégua na guerra comercial e lançar as bases para um acordo mais amplo a ser assinado pelos presidentes Donald Trump e Xi Jinping ainda este ano, de acordo com pessoas familiarizadas com o assunto.

Como parte do acordo, a China concordaria com algumas concessões agrícolas e os EUA forneceriam algum alívio tarifário.

O acordo é provisório e está sujeito a alterações enquanto Trump se prepara para se encontrar com o vice-primeiro-ministro da China Liu He mais tarde, nesta sexta-feira.

Trump tuitou mais cedo que “coisas boas” estavam acontecendo nas reuniões – e que, se os países chegassem a um acordo, ele seria capaz de assiná-lo sem um longo processo de aprovação do Congresso.